ϲ

Fluxo para casos de exames positivos para Covid-19 na comunidade acadêmica é alterado

Uso de máscara continua facultativo nas dependências da ϲ

Após reunião do Comitê Operativo de Emergência (COE), realizada no início desta semana, foi publicada nova versão do Plano de Biossegurança da ϲ. “Essa foi a 52 reunião e decidimos fazer uma pequena alteração no documento publicado anteriormente que trata das orientações para conduta no caso de testagem positiva para Covid-19”, comenta o presidente do COE e pró-reitor de Assuntos Estudantis, Albert Schiaveto de Souza.

Albert explica que, uma vez publicada a Instrução Normativa do Ministério da Economia de número 36, que estabelece o retorno ao trabalho em modo presencial dos servidores e empregados públicos dos órgãos e entidades do Sistema de Pessoal Civil da Administração Pública Federal, foram cessa as disposições excepcionais para o trabalho remoto (constantes na Instrução Normativa número 90).

“Neste sentido, os servidores que testarem positivo ou que tenham suspeita da doença podem se afastar do trabalho presencial, mas isso só será possível mediante a apresentação de atestado médico, como acontece com qualquer outra licença para tratamento de outras doenças. Os estudantes que testarem positivo poderão solicitar um regime especial para as disciplinas que estão matriculados, desde que haja comprovação também com atestado médico e que tenha um período previsto de sete dias ou mais de afastamento”, ressalta o presidente do COE.

Segundo Albert, na versão anterior do Plano de Biossegurança havia um texto específico para cada tipo de exame determinando quantos dias de isolamento. “Caso o teste realizado pelo técnico, professor ou estudante tenha resultado positivo, orientamos os mesmos a procurarem atendimento médico imediatamente”, reforça.

A pró-reitora de Gestão de Pessoas, Andreia Maldonado, explica que o servidor que testar positivo para a Covid-19 deve apresentar o atestado médico para a Secretaria de Qualidade de Vida no Trabalho, vinculada à Diretoria de Atenção ao Servidor no prazo máximo de cinco dias corridos após o início do afastamento. “Isso deve ser feito por uma das seguintes formas: pelo requerimento único on-line disponível no site da Progep (clique ); pelo e-mail seqv.progep@ufms.br ou entregar pessoalmente o atestado na Secretaria”, diz Andreia.

Já os estudantes precisam solicitar o Regime Especial via requerimento acadêmico on-line, para o desenvolvimento das componentes curriculares em que estiverem matriculados, com a comprovação mediante apresentação de atestado médico com no mínimo 7 dias de afastamento, de acordo com a Instrução Normativa número 59 da Pró-reitoria de Ұܲçã.

Uso de máscaras

“Seguimos na terceira etapa do nosso plano de flexibilização do uso de máscaras. Continua facultativo o uso em ambientes abertos ou fechados da ϲ, como espaços administrativos, salas de aula, laboratórios, auditórios, biblioteca. Nos espaços ou clínicas de atenção à saúde e Hospital Veterinário, assim como no transporte coletivo da ϲ, o uso segue de acordo com as normas municipais”, finaliza o presidente do COE.

Confira o Plano de Biossegurança 8.0 na íntegra em ufms.br/coronavirus, canal onde é possível conferir todas as medidas tomadas pela ϲ para proteger estudantes e servidores.

Texto: Vanessa Amin