ϲ

Estudo da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia é reconhecido com prêmio de Melhor Tese

Uma tese de doutorado desenvolvida no Programa de Pós-Ұܲçã em Ciência Animal da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (Famez) foi selecionada como Melhor Tese em premiação da Sociedade Brasileira de Zootecnia (SBZ). A pesquisa foi desenvolvida pelo estudante Leandro Gurgel e tem como objetivo aprimorar e avaliar modelos matemáticos para auxiliar na tomada de decisão na produção de ovinos sob pastejo. 

O prêmio Professor Otávio Domingues será entregue durante a cerimônia de abertura da 58ª Reunião da SBZ em agosto de 2024, na cidade de Cuiabá (MT). O intuito da premiação anual é destacar zootecnistas que tenham realizado relevantes serviços ao desenvolvimento agropecuário do Brasil. 

O diretor da Famez, Fabrício de Oliveira Frazílio, destaca a importância do reconhecimento para reforçar a qualidade de pesquisas que são produzidas na ϲ. “Este prêmio reconhece e valida a qualidade do trabalho acadêmico, proporcionando visibilidade ao pesquisador, aos docentes orientadores e ao Programa de Pós-Ұܲçã em Ciência Animal da Famez. Além disso, prêmios como esse, muitas vezes, contribuem para o avanço na carreira e abrem portas para oportunidades de novas pesquisas e colaborações”, pontua.

O estudo desenvolve uma modelagem matemática para predizer o consumo de matéria seca de ovinos mantidos em pastos, com adaptações para o clima tropical. Também foi proposto um modelo matemático para antever o peso corporal de cordeiros mantidos em pastos tropicais com base nas medidas biométricas. O trabalho faz uso de um banco de dados de pesquisas experimentais que são traduzidos em respostas diretas para os sistemas de produção de ovinos.

“Em suma, criamos equações matemáticas para predizer algumas características importantes para os sistemas de produção que usam plantas forrageiras como principal fonte de nutrientes. Como conclusões, temos que a modelagem é uma importante ferramenta para predizer variáveis de difícil obtenção em condições experimentais e sistemas produtivos”, explica Leandro Gurgel, autor da tese em destaque.

Segundo Leandro, receber o prêmio é um importante retorno para quem produz ciência. “O reconhecimento pelo trabalho científico traz uma imensa satisfação, especialmente para aqueles que dedicam suas vidas a isso. A minha satisfação é ainda maior pois o prêmio leva o nome do Professor Otávio Domingues, um dos pais da Zootecnia”, ressalta.

O professor da Famez e orientador da tese, Gelson dos Santos Difante, explica que a pesquisa pode trazer benefícios como agilidade, melhor planejamento e economia para produtores rurais. “Esses resultados contribuirão tanto para o avanço de pesquisas científicas, como também servirão como ferramentas para auxiliar na tomada de decisão dos produtores de ovinos em pastagens, tanto com relação ao planejamento dos insumos para alimentação dos animais como também do desempenho dos animais”, enfatiza. 

O professor destaca o sentimento de realização com a conquista. “É uma sensação de dever cumprido, de devolver para sociedade o investimento feito em qualificação profissional. Me motiva a continuar, a acreditar que ainda podemos fazer a diferença na formação de pessoas”, conclui.

Texto: Alíria Aristides

Foto: Arquivo do pesquisador Leandro Gurgel